Autoconhecimento

Como se livrar definitivamente do bloqueio criativo em 5 passos

Pode parecer uma realidade distante da que conhecemos na vida real, mas o bloqueio criativo está presente em nosso dia-a-dia mais do que imaginamos que sempre acontece quando estamos trabalhando sob pressão, não é verdade? Mas quando ele chegar, o quê devemos fazer? A seguir vou listar cinco dicas simples que você pode utilizar no momento em que a cabeça começar a dar nó e não conseguir mais pensar com clareza. Aqui vou listar as cinco maneiras que utilizo para destravar a mente e prosseguir no processo de criação. Se ligue nas dicas a seguir.

1. Criação sob pressão?

Relaxe a mente, pois não adianta forçar um pensamento no momento em que ele não vem naturalmente. Lembra de quando esquecemos algo? Pois bem, a pior coisa é tentar puxar e forçar a memória. Além de não conseguir lembrar do que precisa, as chances de conseguir ter sucesso serão cada vez mais baixas. Seja o que for que esteja criando, pare, descanse e feche os olhos. De preferência tire um cochilo de 50 minutos, após despertar você estará mais descansado e com as ideias mais organizadas e a mente mais fresca.

2. Pare de pensar no bloqueio criativo

Quando o bloqueio criativo ocorre no trabalho, o melhor a se fazer é tomar um cafezinho. Dê uma volta pelo escritório, troque ideias com seus colegas e peça ajuda de outras pessoas que não estão envolvidas com o projeto. Outra alternativa também é fazer um brainstorm com seus colegas. Pontos de vistas diferentes podem ajudá-lo a iluminar os pontos obscuros em sua linha de pensamento. Isso funciona que é uma beleza, pois já sabemos que as pessoas têm ideias diferentes sobre o mesmo assunto.

Cafezinho para combater o bloqueio criativo

3. Bagagem cultural é muito importante

Outra coisa muito importante que você precisa saber, ou já deveria estar careca de tanto ouvir isso, é que pessoas que trabalham com criação não podem se limitar à sua mesa. Sempre que puder, saia e vá ver coisas diferentes, nem que seja pessoas atravessando ruas ou em lanchonetes. O casulo dos escritórios só servem para deixar nosso pensamento quadrado e a criatividade limitada. Ficar parado num mesmo ambiente vicia nossos pensamentos, e pessoas que criam devem ser criativas não?

4. Feche-se no seu projeto e esqueça o mundo externo

Não ser interrompido também é uma dica valiosa para não incentivar um bloqueio criativo. Pode parecer óbvio, mas para quem trabalha em ambiente corporativo sabe bem que isso é quase impossível. O chefe te chama, o telefone toca e a secretária de outra seção te manda recados pendentes. Esse tipo de interrupção é a maior vilã dos bloqueios criativos. Não tem coisa pior do que você concentrado num projeto e toda hora sua linha de raciocínio ser quebrada para atender uma demanda completamente diferente do que você está fazendo.

5. Colecionando inspirações

Por último e mais importante é você buscar referências sempre. Ver o que os seus concorrentes estão fazendo te dá uma ideia do que pensar ou não. Ler livros, revistas e até mesmo ouvir música ajuda muito. Eu por exemplo, sempre que tenho de trabalhar num texto mais complexo, trato de correr atrás de informação até no WhatsApp com pessoas que entendam do assunto. Consumir o máximo de informação também ajuda a desbloquear a criatividade e depois de represar tanta informação, você pode filtrar cada boa ideia ou tema relevante em Post-Its numa parede para que visualize melhor e consiga organizar as ideias.

brainstorm

Acredito que com estas dicas que eu já pratico vocês tirarão de letra estes momentos de bloqueio criativo. Ou melhor, eles se tornarão cada vez menos frequentes graças a estes exercícios. Espero que tenha ajudado vocês de alguma forma!

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *