Como fotografo meus cães
Fotografia

Como fotografo meus cães sem dificuldades

Fotografar animais nunca é uma tarefa muito fácil, pois dependemos muito do acaso e da sorte para conseguirmos capturar imagens fofas e deslumbrantes. Quando se trata de aves e animais não domésticos, ai que a coisa se complica, já que o fator lugar e hora certa são imprescindíveis. Continue lendo esse post e descubra como fotografo meus cães!

No meu caso eu não faço nada de especial para fotografar meus cães, que não são adestrados. O que costumo fazer é praticar a boa e velha persistência e paciência. Não tem outro jeito.

O labrador por exemplo é o mais calmo e obediente dos três, enquanto as vira-latas costumam ignorar acintosamente tudo o que eu mando e é neste momento que a atenção e câmera devem estar focadas.

Pois a qualquer instante elas podem fazer algo engraçadinho ou ficarem numa pose bacana que mereça ser fotografada e preciso estar preparada.

Dicas como eu fotografo meus cães

O macete da fotografia de peta é que eles sejam clicados da forma mais natural possível e sem muitas intervenções humanas, porque é daí que saem as fotos mais bonitinhas.

Às vezes eles não estão fazendo absolutamente nada, e quando menos se espera você acha um ângulo bacana para retratar este “nada”. Fotografia é como eu sempre digo: é mais percepção do que técnica!

Cães e suas personalidades

É bom lembrar que cada cachorro possui uma personalidade diferente. A Melissa por exemplo é uma vira-lata e foi a mais difícil de domar para as fotos. Agitada e com zero foco para poses. Precisei ficar esperta com a câmera em foco pra tentar pegar o menor movimento.

Melissa

Fotografando de manhã

Fotografando no sol

Fotografando meus cães

Já o Labrador é mais amistoso e obediente, quando ele quer. Por isso foi teoricamente mais fácil de ser fotografado nessa sessão relâmpago. No entanto, é preciso sempre ter algo para brincar e dar como agrado quando eles fazem algo que você solicitou. Uma técnica muito utilizada por adestradores para dizer que ao responderem ao seu comendo, você ficará feliz e os recompensará.

Como fotografo meus cães ao ar livre

Já a Amora, uma mistura de Yorkshire e Shnauser foi a que mais me deu trabalho nesse processo. Como ela geralmente faz o que quer e não obedece aos meus comandos, precisei chamar a atenção de outro cachorro para que ela me desse atenção.

Isso acontece porque como ela é territorialista e ciumenta, ela acaba não gostando que outro cachorro esteja próximo de mim quando ela está por perto.

Fotografando meus cães no quintal

Ajustes na edição das fotografias

A melhor luz para fotografar cães

E aí, o que achei destas dicas de como fotografar meus cães? Se você tiver alguma dica legal, compartilha com a gente deixando nos comentários. Vamos ajudar outras pessoas a tirarem aquela foto de seu bichinho de estimação!

Carla Corrêa

Jornalista, mineira de Belo Horizonte, 33 anos e apaixonada por cravo, canela, café e chocolate. A mistura perfeita para uma vida perfeita e feliz. Nascida na era da internet, blogo desde 2008.

4 comentários

  1. adoro este tipo de post, ameii o blogue

    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com

  2. Queria tanto conseguir tirar uma foto decente do meu schnauzer, mas o bichinho não para quieto hehehe.
    Mas suas dicas são muito boas, vou tentar fotografar ele usando elas.
    Beijinhos

  3. Maria Vieira says:

    Tens muita sorte em ter um labrador calmo, eu tenho um mas é o oposto. Nunca consigo tirar fotos de jeito a ele pois nunca para quieto num sitio por mais de 5 segundos, ou anda a correr ou anda a saltar em cima de mim.

    All We Need Is… | Facebook

    1. Olá Maria,
      O meu já foi assim agitado também, mas agora com 10 anos de idade ele adquiriu uma certa calma. Adestramento ajuda os cães a manterem-se disciplinados e menos agitados. Mas labradores por natureza são inquietos mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *