Início » Autoconhecimento » Como evoluir na Yoga: entenda o seu processo
como evoluir na yoga

Como evoluir na Yoga: entenda o seu processo

Se você começou há pouco tempo na prática e quer saber como está sua prática, neste post vou falar como evoluir na Yoga. Continue lendo e confira algumas dicas de como você pode mensurar sua evolução na prática de Yoga.

A primeira coisa para sabermos se estamos evoluindo na prática de Yoga é entender nosso processo. Assim, saberemos o que e como mensurar.

Quando digo mensurar, é você conseguir identificar algo que conquistou a partir do início de sua prático. Por exemplo, eu sinto que desde que comecei a praticar yoga, há 1 ano e meio, minha flexibilidade melhorou muito.

Ao identificar esses pontos de melhoria, você consegue mensurar suas conquistas e também evolução. Desta forma, você entende onde precisa intensificar a prática.

Como evoluir na Yoga

Para responder esta pergunta, primeiro você precisa saber quais benefícios pretende alcançar com a prática. Desde que comecei, já sabia do que precisava. Equilíbrio físico, mental e controlar a ansiedade.

A medida em que você vai praticando, você vai destravando partes do seu corpo que você jamais imaginaria conseguir flexibilizar. Ouro dia mesmo fiquei chocada o tanto que hoje consigo elevar meu joelho, na altura do tórax, sendo que antes mal conseguia tirar o pé do chão sem cair.

A verdade é que, para você efetivamente saber como anda sua evolução na Yoga, é preciso entender bem seus objetivos. Portanto, recomendo que você avalie suas prioridades e o que pretende alcançar para depois começar a avaliar sua performance.

Quando se trata de avaliar sua evolução a nível mental, realmente não tem outro jeito. A melhor forma que encontrei de fazer essa medição é conversando com amigos. Eles saberão responder se estou ou não evoluindo.

No caso da ansiedade, sinto que ainda preciso trabalhar muito nessa área, quanto a equilíbrio mental e foco, eu sei que melhorei bastante por conta de feedbacks que recebi no trabalho. Contudo, consigo que outras pessoas me ajudem no meu monitoramento ao me avaliarem.

Ensinamentos sobre Yoga

Utilize as ferramentas disponíveis

Já publiquei aqui no blog alguns posts falando sobre meus acessórios que me ajudam no meu processo de autoconhecimento. Um dos mais poderosos que posso indicar para você é o caderno da gratidão, ou diário da gratidão, se preferir.

Com ele consigo fazer notas sobre meu estado de espírito, observações e anotar sobre meus sentimentos no momento. Isso me ajudou muito nessa caminhada e foi fundamental, inclusive, para me dar suporte em minhas reflexões.

O Diário da gratidão é uma ferramenta poderosa, pois, ao registrar seus pensamentos nele, você pode revisitar depois o que escreveu e comparar se aquilo ainda faz sentido depois de um tempo.

Sobre evoluir na Yoga e na vida

Não poderia falar evolução na Yoga sem mencionar a evolução na vida. Depois que passei a entender melhor os fundamentos da prática de Yoga, percebi que ela, a Yoga, é muito mais que ter um corpo definido e fazer contorcionismos malucos.

Aprendi que, se eu não respiro bem, é porque não estou preparada para aquela Asana, assim como, se eu não souber respirar corretamente em determinadas situações, eu posso acabar perdendo a cabeça.

A Yoga nos ensina que a evolução acontece quando aprendemos algo novo sobre nós, porque Yoga é isso, é introspecção. Certo dia ouvi de uma das professoras, não me lembro qual foi, a seguinte observação:

Pergunta: qual a diferença entre o cachorro fazendo o cachorro olhando pra baixo e um aluno de Yoga?
Resposta: o cachorro vai alongar olhando pra baixo e vai embora depois. O aluno vai olhar pro lado, pra saber se a asana dele é melhor que a dos outros ou olhar pro espelho, pra saber se ele está fazendo direito, menos olhar pra baixo.

Ou seja: a gente se preocupa tanto em querer evoluir com base na evolução dos outros que acaba se esquecendo de olhar para o que estamos fazendo naquela hora.

Portanto, não meça o seu nível de evolução na Yoga com o de outras pessoas, pois cada um tem o seu caminho, a sua jornada para andar.

Se você gostou deste artigo, não se esqueça: deixe nos comentários o que você achou sobre o tema e aproveite para compartilhar com outras pessoas que possam se interessar pelo assunto. Vamos espalhar mensagens de autoconhecimento e positividade para o mundo e ajudar outras pessoas a conquistarem o equilíbrio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: