Transição de carreira: saiba como fazer a sua

O ano de 2020 nos mostrou que as coisas não permaneceram pra sempre como havíamos imaginado. E as profissões foram as que mais mudaram neste ano. Se você quer saber como realizar a transição de carreira, neste post vou te dar dicas e contar como foi o meu processo!

O que você precisa saber antes de mudar de emprego

Toda mudança requer esforço, determinação, foco e sacrifícios. E a transição de carreira não é muito diferente. Mas se você está sentindo necessidade de mudar e busca isso, já é um ponto positivo a seu favor.

Nós estamos vivendo numa época em que muitas coisas que conhecemos, não permanecerão como são por muito tempo. A velocidade que a tecnologia nos obriga a mudar está cada vez maior. E isso está diretamente ligado ao seu emprego de hoje, que pode não existir mais amanhã.

Por isso, cada vez mais a transição de emprego se tornará algo muito mais comum do que é hoje. Mas, de toda forma, é preciso muito planejamento para realizar esta mudança. Pois, não se trata apenas de mudar de emprego, mas também de mentalidade, estilo de vida e de como se relacionar com as pessoas.

Se você é uma pessoa que não gosta de mudanças, então é melhor parar por aqui e ler outro post no blog. Agora, se você não sente que está rendendo mais em sua atual função ou que sua área já não oferece mais tantas oportunidades de crescimento, estou aqui pra te ajudar com a minha experiência. Então, vamos lá?

Como planejar sua transição de carreira?

O primeiro passo para começar sua jornada de transição de carreira é conhecer a área que deseja migrar. Pois, isso facilitará você encontrar as ferramentas adequadas para sua especialização.

Feito isso, você precisará criar um plano de aprendizado. Isso mesmo, você precisará de disciplina para organizar sua agenda de forma que dedique 70% do seu dia à estudar. Isso inclui os finais de semana.

Você e o mercado de trabalho

Se você está ainda no mercado de trabalho, aproveite esse momento para se conectar a pessoas que estejam em cargos dos quais você tem interesse em trabalhar. Uma dica valiosa que ninguém nos dá é que o mercado de trabalho olha de maneira diferente para pessoas que estão empregadas. Seja qual cargo for.

No entanto, quando mudei meu status no LinkedIn de procurando uma oportunidade para meu emprego atual, pessoas que antes sequer aceitavam meus convites de conexão, passaram a me mandar mensagens como oportunidade de negócios.

Portanto, use o fato de você estar no mercado de trabalho para conseguir um emprego novo. Porque, buscar uma recolocação estando desempregado é um pouco mais complicado.

Em busca de recolocação

Pessoas deixam seus empregos por vários motivos. Seja para se dedicar a projetos pessoais, maternidade/paternidade, doença ou em casos mais extremos complicações familiares.

Mas o fato de estar fora do mercado de trabalho pode ser um pouco mais complicado na hora de você fazer sua transição do ponto de vista de oportunidades. Você vê seu auxílio desemprego acabar e a única fonte de renda ficar curta. Sem falar que você nem deve ter um dinheiro pra reserva de emergência.

Um alerta que faço para profissionais que estão nesta situação é cuidado. A cilada de fazer a transição de carreira quando se está desempregado é que, por conta disso que falei, pode bater um desespero e você querer aceitar qualquer coisa que aparecer pela frente.

Não estou dizendo para você ativar o modo soberba e se sentir uma estrela. Longe disso, quero que você tenha clareza mental para analisar a oportunidade que melhor te qualifique. Se não, você terá trocado seu antigo emprego ruim por um novo ruim.

No entanto, tem seu lado positivo estar desempregado. Você tem mais tempo para se dedicar em uma nova especialização, ler livros sobre sua nova carreira e estudar. Aproveite seu tempo livre e dedique 70% dele em adquirir conhecimento e quem sabe fazer trabalhos freelancers.

Mulher trabalhando

Como colocar no currículo a transição de carreira

A dúvida da grande maioria das pessoas, com e sem experiência é saber como construir um bom currículo. Eu mesma sempre tive essa dúvida e sabe qual a melhor forma de tirá-la? Conversando com profissionais de RH.

Aproveite as entrevistas de emprego para conseguir retorno sobre sua atuação na entrevista e o mais importante, sobre seu currículo. Sempre que eu terminava um processo eu perguntava ao recrutador se tinha achado do meu currículo. Porque, se eu estava lá, algo chamou sua atenção.

Aproveite para perguntar se tem algo que você possa melhorar em seu currículo. Quem quer fazer uma transição de carreira precisa estar aberto a sugestões e críticas construtivas (sim, elas existem).

Pensando nisso, vou pontuar para você as dicas mais importantes que já recebi sobre como fazer um bom currículo e como mostrar nossa transição de carreira nele.

1. Criando um currículo

Você pode pesquisar na internet modelos dos mais variados, mas o que sempre funcionou pra mim foi o modelo básico de currículo vital. hoje em dia não se fala mais assim. Porém, vou disponibilizar gratuitamente para download no meu Google Docs, o modelo do meu currículo.

Você só precisará substituir os campos onde sinalizo quais informações você precisa preencher. E pronto, é só salvar para você começar a enviar.

Outra dica interessante é você mostrar que está disponível para o mercado de trabalho nos lugares certos. Tenho visto muitas pessoas compartilharem seus currículos no site #adoteumcv. Aqui você pode fazer um currículo básico, como eu fiz com o meu e compartilhar em suas redes sociais.

O Mais indicado é que você mostre seu currículo em sites como o LinkedIn, pois esta rede social é focada exclusivamente em criar uma rede de contato entre empresas, recrutadores e pessoas em busca de uma oportunidade.

Mas, mesmo que você tenha um currículo físico, é muito importante ter um perfil atualizado no LinkedIn. pois, conheço muitas pessoas que conseguiram se recolocar no mercado de trabalho através de recrutamento feito pela rede social.

Isso sem falar que lá é o lugar ideal para você se conectar com pessoas e seguir empresas na área da qual você deseja fazer a transição de carreira. Então, aproveite esta dica e se cadastre agora lá.

Mitos e verdades sobre mudança de emprego

Um dos grandes mitos que ouço as pessoas falando sobre transição de carreira é que isso só serve para gente nova. Pelo contrário, vejo cada vez mais profissionais seniors migrando de área para começar em uma nova função do zero.

Sua bagagem e conhecimento de mercado são muito valorizado por empresas que também possuem uma longa trajetória de mercado. Os jovens possuem a força que o mercado precisa pra se movimentar, mas são os profissionais mais experientes quem possuem o conhecimento necessário.

Outro mito muito difundido pelas pessoas sobre transição de carreira é que só pessoas da área de tecnologia e inovação podem fazer essa mudança. A verdade é que qualquer pessoa de qualquer área ou setor pode mudar de área de atuação. Basta ter certeza de que deseja fazer essa mudança e se planejar para isso.

Quando mudar de carreira

A transição de carreira pode ser feita em qualquer momento de sua vida. Basta você sentir que precisa realizar esta mudança e se dedicar nisso.

Aliás, uma coisa importante a se levar em conta sobre mudança de cargo e atividade é que essa transição é um projeto de vida de médio a longo prazo. Pois, você precisa investir tempo e muito estudo para fazer uma transição de carreira completa.

Eu mesma, demorei cerca de 5 anos até que a minha transição fosse concluída com sucesso. Isso, porque fui de uma área correlacionada a outra. Saí do jornalismo para trabalhar com produção de conteúdo no Marketing Digital. Me sinto uma pessoa feliz, completamente realizada e que ama o que faz.

Este blog, por exemplo, fez parte dessa transição e foi peça fundamental para ela. Foi através dele que consegui meu atual emprego e é onde mantenho o foco de meus estudos em minha área. Se tornando meu portfólio e laboratório de experimentos.

E você, pretende fazer ou já está em processo de transição de carreira? Deixe suas dúvidas ou sugestões nos comentários. Para que possamos trocar mais experiências sobre o assunto!

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: